03 – O Decreto de Deus

Compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someonePrint this page

1. Desde toda a eternidade, Deus mesmo decretou todas as coisas que iriam acontecer no tempo; e isto Ele fez segundo o conselho da sua própria vontade, muito sábia e muito santa.Fê-lo, porém, de um modo em que Deus em nenhum sentido é o autor do pecado,2 nem se torna co-responsável pelo pecado, nem faz violência à vontade de suas criaturas, nem impede a livre ação das causas secundárias ou contingentes. Pelo contrário, estas causas secundárias são confirmadas; 3 e em tudo isso aparece a sabedoria de Deus em dispor de todas as coisas, e o seu poder e fidelidade em fazer cumprir seu decreto. 4

[1] Is.46.10: …que desde o princípio anuncio o que há de acontecer, e desde a antigüidade as cousas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho permanecerá de pé, farei toda a minha vontade;

Ef.1.11: …nele, digo, no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as cousas conforme o conselho da sua vontade,

Hb.6.17: Por isso Deus, quando quis mostrar mais firmemente aos herdeiros da promessa a imutabilidade do seu propósito, se interpôs com juramento,

Rm.9.15,18: Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia, e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Logo, tem ele misericórdia de quem quer, e também endurece a quem lhe apraz.

[2] Tg.1.13: Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e ele mesmo a ninguém tenta.

1Jo.1.5: Ora, a mensagem que da parte dele temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva alguma.

[3] At.4.27,28: …porque verdadeiramente se ajuntaram nesta cidade contra o teu santo Servo Jesus, ao qual ungiste, Heródes e Pôncio Pilatos, com gentios e o povo de Israel, para fazerem tudo o que a tua mão e o teu propósito predeterminaram;

Jo.19.11: Respondeu Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada; por isso quem me entregou a ti, maior pecado tem.

[4] Nm.23.19: Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? ou tendo falado, não o cumprirá?

Ef.1.3-5: Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de benção espiritual nas regiões celestiais em Cristo, assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade.


2. Embora Deus saiba tudo quanto pode ou poderá acontecer5 em todas as condições possíveis, Ele nada decretou por causa do seu conhecimento prévio do futuro ou daquilo que viria a acontecer em determinada situação. 6

[5] At.15.18: …diz o Senhor que faz estas cousas conhecidas desde séculos.

[6] Rm.9.11,13,16,18: E ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal (para que o propósito de Deus quanto à eleição prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama), Como está escrito: Amei a Jacó, porém me aborreci de Esaú. Assim, pois, não depende de quem quer, ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. Logo, tem ele misericórdia de quem quer, e também endurece a quem lhe apraz.


3. Pelo decreto, e para manifestação da glória de Deus, alguns homens e alguns anjos são predestinados (ou preordenados) para a vida eterna através de Jesus Cristo, 7 para louvor da sua graça gloriosa. 8 Os demais são deixados em seu pecado, agindo para sua própria e justa condenação; e isto para louvor da justiça gloriosa de Deus. 9

[7] 1Tm.5.21: Conjuro-te perante Deus e Cristo Jesus e os anjos eleitos, que guardes estes conselhos, sem prevenção, nada fazendo com parcialidade.

Mt.25.34: …então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.

[8] Ef.1.5,6: …nos predestinou para ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado, …

[9] Rm.9.22,23: Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, preparados para a perdição, a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que para glória preparou de antemão.

Jd.4: Pois certos indivíduos se introduziram com dissimulação, os quais, desde muito, foram antecipadamente pronunciados para esta condenação, homens ímpios, que transformam em libertinagem a graça de nosso Deus, e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo.


4. Os anjos e homens predestinados (ou preordenados) estão designados de forma particular e imutável, e o seu número é tão certo e definido que não pode ser aumentado ou diminuído.10

[10] 2Tm.2.19: Entretanto o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que lhe pertencem. E mais, aparte-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor.

Jo.13.18: Não falo a respeito de todos vós, pois eu conheço aqueles que escolhi; é, antes, para que se cumprisse a Escritura: Aquele que come do meu pão levantou contra mim o seu calcanhar.


5. Dentre a humanidade, aqueles que são predestinados para a vida, Deus os escolheu em Cristo para glória eterna; e isto de acordo com o seu propósito eterno e imutável, pelo conselho secreto e pelo beneplácito da sua vontade, antes da fundação do mundo, apenas por sua livre graça e amor, 11 nada havendo em suas criaturas que servisse como causa ou condição para essa escolha. 12

[11] Ef.1.4,9,11: …assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor…desvendando-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito que propusera em Cristo, Nele, digo, no qual também fomos feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as cousas conforme o conselho da sua vontade…

Rm.8.30: E aos que predestinou, a estes também chamou, e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.

2tm.1.9: …que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça, que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos…

1ts.5.9: …porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo…

[12] Rm.9.13,16: Como está escrito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú Assim, pois, não depende de quem quer, ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia.

Ef.2.5,12: …e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo – pela graça sois salvos – …naquele tempo, estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança e sem Deus no mundo.


6. Deus não apenas designou os eleitos para glória, de acordo com o propósito eterno e espontâneo da sua vontade, mas também preordenou todos os meios pelos quais o seu propósito será efetivado. 13 Por isso os eleitos, achando-se caídos em Adão, são redimidos em Cristo 14 e chamados eficazmente para a fé nEle, pela ação do Espírito Santo, e no seu devido tempo; e são justificados, adotados, santificados 15 e guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para salvação. 16 Ninguém mais é redimido por Cristo, chamado eficazmente, justificado, adotado, santificado e salvo, senão unicamente os eleitos. 17

[13] 1Pe.1.2: …eleitos, segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e a aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas.

2Ts.2.13: Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus, por vós, irmãos amados pelo Senhor, por isso que Deus vos escolheu desde o princípio para salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade …

[14] 1Ts.5.9,10: … porque Deus não nos destinou para ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos em união com ele.

[15] Rm.8.30: E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.

2Ts.2.13: Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus, por vós, irmãos amados pelo Senhor, por isso que Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade.

[16] 1Pe.1.5: … que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo

[17] Jo.10.26: Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas.

Jo.17.9: É por eles que eu rogo; não rogo pelo mundo, ,mas por aqueles que me deste, porque são teus.

Jo.6.64: Contudo há descrentes entre vós. Pois Jesus sabia desde o princípio quais eram os que não criam e quem o havia de trair.


7. Este alto mistério da predestinação deve ser tratado com especial prudência e cuidado, para que os homens, atentando para a vontade de Deus revelada em sua Palavra, e prestando-lhe obediência, possam assegurar-se de sua eleição eterna, 18 pela comprovação de sua chamada eficaz. Será desse modo que a doutrina da predestinação promoverá louvor,19 reverência e admiração a Deus, bem como humildade, 20 diligência e consolação abundante para todos os que obedecem sinceramente ao evangelho. 21

[18] 1 Ts.1.4,5: … reconhecendo, irmãos, amados de Deus, a vossa eleição, porque o nosso evangelho não chegou até vós tão-somente em palavra, mas sobretudo em poder, no Espírito Santo e em plena convicção, assim como sabeis Ter sido o nosso procedimento entre vós, e por amor de vós.

2 Pe.1.10: Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, assim não tropeçareis em tempo algum.

[19] Ef.1.6: … para louvor da glória da sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado.

Rm.11.33: Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria, como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos e quão inescrutáveis os seus caminhos!

[20] Rm.11.5,6,20: Assim, pois, também agora, no tempo de hoje, sobrevive um remanescente segundo a eleição da graça. E, se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça. Bem! pela sua incredulidade foram quebrados; tu, porém, mediante a fé estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme.

[21] Lc.10.20: Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e, sim, porque os vossos nomes estão arrolados nos céus.

Fonte: Fé Para Hoje – Editora Fiel

Related Post

Comentários