12 – A Adoção

Compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someonePrint this page

1. Em seu único Filho, Jesus Cristo, e, por causa dEle, Deus é servido fazer participantes da graça da adoção todos quantos são justificados1 Por essa graça eles são recebidos no número dos filhos de Deus, 2 e desfrutam das liberdades e privilégios dessa condição; recebem sobre si o nome de Deus; 3 recebem o espírito de adoção; 4 têm acesso com ousadia ao trono de graça, e clamam Aba, Pai; 5 recebem compaixão, 6 proteção, 7 e a provisão de suas necessidades. 8 E são castigados por Deus, como por um pai; 9 porém, jamais são lançados fora, 10 pois estão selados para o dia da redenção. 11 E herdam as promessas, na qualidade de herdeiros da salvação eterna. 12

[1] Ef.1.5: e nos predestinou para ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade …

Gl.4.4,5: vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para resgatar os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos.

[2] Jo.1.12: Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; a saber: os que crêem no seu nome;

Rm.8.17: Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo: se com ele sofrermos, para que também com ele sejamos glorificados.

[3] 2Co.6.18: serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.

Ap.3.12: Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei também sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do meu Deus, e o meu novo nome.

[4] Rm.8.15: Porque não recebestes espírito o de escravidão para viverdes outra vez atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai.

[5] Gl.4.6: E, porque vós sois filhos, enviou Deus aos nosso corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.

Ef.2.18: porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai em um Espírito.

[6] Sl.103.13: Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece dos que o temem.

[7] Pv.14.26: No temos do SENHOR tem o homem forte amparo, e isso é refúgio para os seus filhos.

[8] 1Pe.5.7: lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

[9] Hb.12.6: porque o Senhor corrige a quem ama, e açoita a todo filho a quem recebe.

[10] Is.54.8,9: num ímpeto de indignação escondi de ti a minha face por um momento; mas com misericórdia eterna me compadeço de ti, diz o Senhor, o teu Redentor. Porque isto é para mim como as águas de Noé; pois jurei que as águas de Noé não mais inundariam a terra, e assim jurei que não mais me iraria contra ti, nem te repreenderia.

Lm.3.31: O Senhor não rejeitará para sempre;

[11] Ef.4.30: E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.

[12] Hb.1.14: Não são todos eles espíritos ministradores enviados para serviço, a favor dos que hão de herdar a salvação?

Hb.6.12: para que não vos torneis indolentes, mas imitadores daqueles que, pela fé e pela longanimidade, herdam as promessas.

Fonte: Fé Para Hoje – Editora Fiel

Related Post

Comentários