Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança…

Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança…

posted in: Novo Testamento | 0

“Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.”  Hebreus 10:23

O Natal chegou e por isso quase todo o mundo está em festa. Muitos estão comprando presentes e se preparando para reunir com familiares e amigos. No entanto, não podemos esquecer que o primeiro presente de natal não foi comprado em um shopping, nem mesmo foi embrulhado… celebrar o Natal é lembrar do amor de Deus pela humanidade. Deus deu o seu único Filho para nós pecadores termos vida! O primeiro presente de natal foi o amor de Deus!

Eu e você jamais seremos dignos de merecer esse presente…. Mesmo assim, o próprio Deus decidiu nos amar quando enviou seu único Filho Jesus Cristo para morrer “por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.” (1 Ts 5:10). Por causa desse presente de amor podemos ficar firmes na promessa que Deus fez:

“Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16)

Essa promessa de vida eterna vem acompanhada de perdão, amor, paz e salvação da morta eterna! Por isso, quem crê nele não perecerá, ou seja, não irá para o inferno, mas para o céu!

Há esperança! Nele você pode confiar! Deus tem poder para perdoar qualquer pecado de todo aquele que confia em Jesus…. Quem crê nele, também crê naquele que o enviou (Jo 12.44).  Se você acredita em Deus, então você também deve crê em Jesus como seu único e suficiente salvador. Caso contrário, esse é o momento de você pedir para Ele perdão pelos seus pecados, erros e por ter desprezado Jesus até hoje… faça isso e você receberá perdão, experimentará o amor de Deus e será salvo definitivamente da morte eterna!

Há esperança para todos que depositarem sua fé unicamente no Salvador Jesus Cristo! Ele nasceu para morrer por nós, para vivermos pela fé nEle! “Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele “(1Jo 4.9).

Feliz Natal!